Disseminando a Beleza Limpa

Por que a Matricaria é o novo herói da higiene bucal

Cada aspecto do mercado de cuidados pessoais está sendo impactado pelos consumidores cada vez mais preocupados com a saúde. Essas pessoas, normalmente indivíduos mais jovens e que pensam na sustentabilidade, estão mais atentos aos rótulos, pesquisam ingredientes e investigam sobre as cadeias produtivas para garantir que todos os ingredientes sejam saudáveis. Isso não vale apenas para produtos de maquiagem e cuidados com a pele; artigos de higiene bucal também estão recebendo esse olhar atento. É por isso que a Matricaria é uma proposta interessante para este mercado, mas antes, vamos olhar mais de perto como isso se dá.

Um novo fervor para a saúde

Antes mesmo da pandemia, quando é inegável que houve um verdadeiro fervor pelo tema saúde, os consumidores já estavam buscando o mercado natural. Isso porque, com a ameaça da crise climática, os consumidores passaram a ver esses produtos naturais como sendo mais confiáveis. De acordo com um estudo recente da Gerber Finance com 1.000 consumidores, 31% alega que confia mais nas marcas naturais do que nas convencionais, enquanto 62% esperam produtos de alta qualidade das empresas naturais.

Esta pesquisa foi relevante para todo o segmento “natural”, de alimentos a produtos de beleza, detergentes e outros. No entanto, se analisarmos com mais cuidado os dados diretamente relacionados à higiene bucal, nota-se o surgimento de uma tendência paralela. De acordo com uma pesquisa feita pela Mintel em meados do ano passado, a qualidade do produto e o quão “saudável” é sua fórmula estão entre as cinco principais preocupações dos consumidores ao escolher um produto de higiene bucal.

Alegações mais saudáveis na higiene bucal

Outra questão contextual crucial é que o consumidor preocupado com a saúde tende a ter mais informações. Eles estão interessados em questões mais profundas e se perguntam quais são suas expectativas para um produto de higiene bucal que vai além do seu sabor. Por exemplo, os consumidores conhecem cada vez mais a importância do microbioma oral e dos agentes antiinflamatórios. De acordo com estudo também realizado pela Mintel, 62% dos consumidores na China se interessam por fórmulas que contenham alegações pré ou probióticas.

Para satisfazer essa demanda, o foco está além das fórmulas tradicionais de hortelã. As formulações que vão desde de combinações de plantas e ervas a espécies modificadas de bactérias comensais (benéficas) são todas áreas em expansão no mercado, seja em marcas maiores ou em pequenas empresas. O extrato da flor de Matricaria, ou camomila, é apenas uma das várias opções de ingredientes “heróis”. Outros ingredientes que têm grande potencial são o ginseng, a aloe vera e o gengibre. 

O extrato da flor da matricaria

Diante disto, a Matricaria é uma proposta particularmente atraente. A Matricaria recutita, também chamada de chamomilla recutita, demonstrou ter ​​propriedades antimicrobianas e de equilíbrio notáveis. Por exemplo, a S.epidermidis e a S.aureus são tipos de bactérias que integram o microbioma da pele humana. No entanto, podem se tornar patogênicas caso estejam em grande quantidade. A Matricaria é capaz de equilibrar a atividade dessas bactérias, mantendo o equilíbrio e a saúde microbiana ideal.

Da mesma maneira, a Matricaria possui propriedades antiinflamatórias. Estudos clínicos já demonstraram que a ação combinada de flavonóides, taninos e compostos fenólicos presentes em uma preparação dermatológica contendo camomila demonstrou benefícios comparáveis ​​à hidrocortisona (0,25%).

No âmbito deste mercado de saúde bucal em evolução e cada vez mais sofisticado, a Matricaria apresenta-se como uma grande oportunidade. Ingredientes como esse são fundamentais para as marcas de higiene bucal que desejam se posicionar como naturais, saudáveis ​​e confiáveis. Agora é a hora de desenvolver formulações para explorar esse mercado emergente e manter-se à frente da concorrência.

Deja un comentario

No hay comentarios

Todavía no hay ningún comentario en esta entrada.